Foto Divulgação

 

O Teatro Amazonas receberá, nesta terça-feira (10/04), às 20h, o espetáculo teatral “Tartufo-me”, que compõe a agenda do Programa Espaço Aberto, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

O espetáculo é uma adaptação do amazonense Dimas Mendonça, em versão solo da peça “Tartufo”, do autor francês Jean-Baptiste Poquelin, mais conhecido como Molière. A peça é uma das comédias mais famosas da língua francesa e teve sua primeira encenação em 1664, quando quase foi censurada, por ter sido considerada ofensiva pelos líderes religiosos da época.

Trezentos anos depois, a obra ganha uma releitura da ‘UM Teatro Produções’ e da RS Projecta, com uma montagem mais realista, que retrata e explora os tempos atuais, ampliando e potencializando as críticas presentes no texto original.

Tércio Silva, diretor do espetáculo, diz que “Tartufo me” é uma oportunidade para reflexão. “Esse espetáculo é para refletirmos e é um grito de alerta e de atenção, que movimenta as nossas mentes e nossas consciências a fim de pensarmos mais sobre nós mesmos, nossas atitudes e os discursos que reproduzimos; de quem são e para quem serve.  É preciso entender melhor, mais a fundo e pensar no sentido da igreja, da religião e de Deus.”

Além da direção, cenografia e iluminação, por Tércio Silva, e adaptação e elenco por Dimas Mendonça, “Tartufo-me” também conta com direção musical de Jeferson Mariano, figurino de Solange Couto e Dimas Mendonça e Cenotécnica de Célio Roberto e Roger.

Sinopse – Orgon, um simples padeiro e pai de família, que após conhecer seu mentor espiritual, Tartufo, entrega toda a sua vida a ele, tornando-lhe como um guia para sua salvação e de sua família e também um líder religioso fanático que pretende dominar o mundo.

Coluna Ari Mota

Parceiros