Após jogo histórico que reuniu mais de 20 mil torcedores nesta quarta-feira (11/04), às 20h, na Arena da Amazônia, o Paysandu - PA venceu a equipe Manaus F.C. por 2 a 1, e é o primeiro finalista da Copa Verde 2018. A partida, que foi organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). Na final da competição, o Papão vai enfrentar o vencedor do duelo entre o Atlético – ES e o Luverdense – MT, que acontece nesta quinta-feira (12/04), em Cariacica – ES.

 

No início da partida, logo aos 14 minutos, um escanteio foi cobrado e a bola afastada, entretanto, Cassiano conseguiu o domínio e chutou para o gol, sem chances de defesa para Jhonatan, goleiro do Manaus. O Gavião do Norte seguiu pressionando o Paysandu e, aos 31 minutos, o zagueiro Deurick lançou para Rossini que, livre de marcação, dominou no peito e converteu para o Manaus. Placar parcial de 1 a 1.

 

A partir do segundo tempo, o jogo ficou cada vez mais equilibrado, porém, o Manaus seguiu com maiores oportunidades de finalização. Apesar dos esforços da equipe amazonense, no último minuto de partida, Magno faz jogada individual e, com um chute rasteiro, selou a vitória do Papão sobre o Gavião do Norte, que foi eliminado da competição.

 O presidente de honra do Manaus F.C., Luís Mitoso, agradeceu a torcida pelo comparecimento na Arena da Amazônia e falou sobre a equipe de modo geral. “O Manaus é um instrumento de tentativa de reviravolta do futebol amazonense, tendo em vista nossa situação no cenário nacional. Apesar de não ter sido o resultado esperado, mas a resposta do público é mais importante que qualquer coisa e nós do clube estamos gratos pela presença do torcedor amazonense que prestigiou, em peso, essa partida pela semifinal da Copa Verde”, disse.

Programa Negócios News

Coluna Ari Mota

Facebook

Parceiros