Foto Divulgação

 

Prefeito de Nova York não deu jeito em Manaus

 

O Governo do Estado do Amazonas insiste em dizer que a criminalidade em Manaus esta sob controle e que os índices de homicídios tem caído.

Com relação aos crimes de pistolagem o próprio governador Amazonino Mendes, disse se tratar de “Guerra de Facções”, sim isso todo mundo sabe e precisa ser combatido, pois a população nada tem a ver com isso.

 

Vitimas da Guerra de Traficantes

 

Enquanto o Governador “Acha” pessoas inocentes estão morrendo todos os dias, o mais recente o servidor público Antônio Henrich que estava no carro com a família, um HB20 branco, na rua São José, do bairro São Jorge, na zona Oeste de Manaus, a procura de um imóvel para alugar, quando outro veículo parou ao lado e fez vários disparos.

No automóvel da vítima, também estavam a mãe, duas irmãs e a noiva de Henrich. Todas as pessoas foram

 

Prefeito Artur lamenta essa onda de violência

 

O Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro lamentaram profundamente a morte do servidor efetivo Antônio Henrich Câncio Araújo, de 27 anos e há seis integrando a rede municipal de educação. Secretário escolar da Escola Municipal Paula Frassinete, localizada no bairro da Glória, zona Oeste; O Prefeito distribuiu nota oficial e criticou a politica de segurança do Estado onde os traficantes e bandidos estão nas ruas e os cidadãos presos em suas casas com medo.

 

Candidatos com os mesmo discursos

 

Passados quatros anos das eleições proporcionais, para deputados estadual, federal e oito anos para os cargos de senador, os candidatos e velhos caciques apresentam os mesmos discursos. Alfredo Nascimento, sete anos como ministros dos transportes, diz que vai lutar pela BR 319, Vanessa Graziotin que esteve ao lado do governo achatando o salário mínimo, diz que vai esta ao lado dos trabalhadores, já o candidato a reeleição deputado federal Atila Lins, nunca esqueceu Manaus e o líder do governo do Estado que também luta pela reeleição Dermilson Chagas afirma que é fazedor, mas esquece que votou contra os professores.

 

Por outro Lado

 

Já o candidato a reeleição ao Governo Amazonino Mendes disse a um ano que arrumaria o Estado para o seu sucessor, não arrumou nada a não ser o “Muro” de arrimo da casa dele e prega que tem experiência

 

Domingo é dia de decisão

 

O eleitor precisa ir consciente para urna no domingo e esquecer favores pessoais para votar, quem quer comprar votos com favor, não merece nem atenção.  Boa Eleição

Coluna Ari Mota

Facebook