search

Banner Galeria

UBER não merece ser perseguido, pois é um serviço de qualidade e com preço justo

СНПЧ А7 Красноярск, обзоры принтеров и МФУ

1458856

 

Muitas pessoas já ouviram falar em Uber. Um aplicativo que permite a qualquer pessoa, com um "smartphone", chamar um carro com motorista, como se fosse um táxi. Em poucos minutos o veículo de boa qualidade, chega ao local definido com um motorista educado para o levar ao seu destino.

Música? Pode escolher, se tiver o aplicativo "Spotify" no seu telefone, a música é a sua. Preço? Na versão básica, o Uber X, é mais barato do que um táxi. Chegando ao final, o valor é cobrado diretamente no seu cartão de crédito cadastrado, o que acaba com o tradicional "é que não tenho troco para 50". No final da viagem, você recebe no seu telefone um recibo e um pedido para avaliar o serviço entre 1 a 5 estrelas.

Este serviço fantástico tem tido imensas reclamações por parte dos taxistas, que acusam o Uber de ser inseguro, ilegal, pouco profissional e claro, de roubar empregos. Em vários países já se registaram ataques violentos de taxistas aos motoristas do Uber. No entanto, quem experimentou sabe que o serviço é muito melhor do que o dos táxis.

As autoridades locais devem acabar com a perseguição e criar formas, para que os taxistas possam melhorar seus serviços e o mais importante, o aspecto econômico. Hoje diante da situação financeira, as pessoas buscam qualidade e preço, coisa que o Uber oferece.

A maioria dos taxistas são mal educados, o carro com um cheiro insuportável de cigarro, bancos rasgados. No rádio, a música alta e incompreensível, e a janela aberta sempre bom para ventilar no calor da região. Chegado ao destino, o taxista interpela de forma desagradável, "Não tenho troco pra 50

.

O tema não é os taxistas perderem o emprego. Estou de acordo que a perda de postos de trabalho é um problema grave, sou totalmente a favor de dar os empregos disponíveis a quem merece. E quem merece é quem oferece o melhor serviço aos clientes. Tem que acabar com esta impunidade em que o cliente não tem formas eficientes para reclamar e com consequências reais.

No caso do Uber um motorista com menos de 4 estrelas de média de classificação entra em período de prova. Se ele não conseguir melhorar é ‘demitido’ do Uber.

A verdade é que o Uber conseguiu fazer o que a maioria das cidades não conseguiram... Dar um serviço de transporte individual conveniente e de qualidade (há exceções e taxistas extremamente corretos, mas vamos ser honestos que a imagem generalizada não é boa).

Muitas pessoas já ouviram falar em Uber. Um aplicativo que permite a qualquer pessoa, com um "smartphone", chamar um carro com motorista, como se fosse um táxi. Em poucos minutos o veículo de boa qualidade, chega ao local definido com um motorista educado para o levar ao seu destino.

Música? Pode escolher, se tiver o aplicativo "Spotify" no seu telefone, a música é a sua. Preço? Na versão básica, o Uber X, é mais barato do que um táxi. Chegando ao final, o valor é cobrado diretamente no seu cartão de crédito cadastrado, o que acaba com o tradicional "é que não tenho troco para 50". No final da viagem, você recebe no seu telefone um recibo e um pedido para avaliar o serviço entre 1 a 5 estrelas.

Este serviço fantástico tem tido imensas reclamações por parte dos taxistas, que acusam o Uber de ser inseguro, ilegal, pouco profissional e claro, de roubar empregos. Em vários países já se registaram ataques violentos de taxistas aos motoristas do Uber. No entanto, quem experimentou sabe que o serviço é muito melhor do que o dos táxis.

As autoridades locais devem acabar com a perseguição e criar formas, para que os taxistas possam melhorar seus serviços e o mais importante, o aspecto econômico. Hoje diante da situação financeira, as pessoas buscam qualidade e preço, coisa que o Uber oferece.

A maioria dos taxistas são mal educados, o carro com um cheiro insuportável de cigarro, bancos rasgados. No rádio, a música alta e incompreensível, e a janela aberta sempre bom para ventilar no calor da região. Chegado ao destino, o taxista interpela de forma desagradável, "Não tenho troco pra 50

.

O tema não é os taxistas perderem o emprego. Estou de acordo que a perda de postos de trabalho é um problema grave, sou totalmente a favor de dar os empregos disponíveis a quem merece. E quem merece é quem oferece o melhor serviço aos clientes. Tem que acabar com esta impunidade em que o cliente não tem formas eficientes para reclamar e com consequências reais.

No caso do Uber um motorista com menos de 4 estrelas de média de classificação entra em período de prova. Se ele não conseguir melhorar é ‘demitido’ do Uber.

A verdade é que o Uber conseguiu fazer o que a maioria das cidades não conseguiram... Dar um serviço de transporte individual conveniente e de qualidade (há exceções e taxistas extremamente corretos, mas vamos ser honestos que a imagem generalizada não é boa).

Coluna Ari Motta - página

COLUNA DO ARI MOTTA

ECAD de olho nas Bandas, para encher o cofre.

Mas uma vez venho falar sobre esse assunto que não se esgota, e que fica mais evidente agora com as proximidades do carnaval quando as pessoas procuram realizar festas de Momos em suas comunidades. Na luta em busca de apoio, para bandas e blocos, os coordenadores deparam com a ECAD. O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição. Uma associação que recolhe, não sem para quem, os direitos auto

...Leia Mais

Enquanto índio ditar normas, a Amazônia será pobre

No Brasil índio pode tudo, inclusive cobrar pedágio e proibir que estradas sejam asfaltadas. Regiões tocadas já pela terceira geração de agricultores, se transformam do dia para noite, por vontade olímpica da Funai, este antro notável de incompetentes e mistificadores, em reservas indígenas. Vamos lembrar aqui o desastre produzido em Raposa Serra do Sol, em Roraima. Conforme todos os prognósticos

...Leia Mais

Um paraíso chamado Ecad

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição é uma associação que recolhe os direitos autorais de músicas executadas no Brasil, funciona assim: Você tem uma rádio? Precisa pagar o Ecad. Vai dar uma festa? Também. Tem um podcast? Aham. Tem um blog e postou um vídeo de música do YouTube? Hum, há controvérsias. Segundo a Lei de Direitos Autorais a qual eu fui pesquisar, (a 9.610, que é de 1998)

...Leia Mais

Melo e Amazonino Juntos

O tempo esta se esgotando e os políticos insistem em dizer que ainda não decidiram o que irão fazer, qual posição tomar para as eleições de 2014. A exceção do professor José Melo, que já assumiu a posição de pré-candidato a sucessão de Omar, todos os outros com densidade eleitoral, mantém uma postura covarde. Melo hoje se encontrou com o ex-prefeito, Amazonino Mendes, detentor de uma popularidade

...Leia Mais

PT quer mudar a denominação da prisão dos seus militantes

  Santa paciência, vamos discordar sempre da denominação “presos políticos” usada pelos condenados da AP 470, José Genoino e José Dirceu. Para mim e para muitos brasileiros, Eles foram sim, na época da ditadura, mas agora são apenas “políticos presos”. Ordem dos fatores altera sim nesse caso   Rememorando o que foram antes e a condição em que estão hoje José Dirceu e José Genoino - para falar dos

...Leia Mais

A Força que vem de São Paulo trava a Zona Franca

  Mais uma vez a força paulista se sobrepõe aos interesses do país e faz o  presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), retirar de pauta a votação da PEC (PEC) 506/10 que prorroga os benefícios tributários para a Zona Franca de Manaus. O presidente disse que, por falta de consenso entre os parlamentares, tomou a iniciativa.  São Paulo quer benéficos para informática São Paulo quer que

...Leia Mais

Mais Notícias:

: