Instituto investigado pelo TCE-TO Áquila na Seduc

O secretario executivo da Seduc  Luis Fabian decidiu contratar um instituto para fazer um trabalho de “gestão e organização”  na pasta, até ai tudo bem, apesar do momento de crise  momento de crise e da tentativa do governo em sanear despesas supérfluas e vai de encontro com a determinação do próprio governador Amazonino Mendes (PDT) e de seu vice, Bosco Saraiva (SDD), de gerenciar recursos buscando a redução de despesas.

Além do mais o Instituto Áquila de Gestão, que é de Minas Gerais, está sendo investigado pelo Tribunal de Contas do Estado de Tocantins (TCE-TO) após denúncia do Ministério Público ao considerar ilegal a contratação direta pela Prefeitura de Palmas em objeto similar ao de Manaus. Estamos de olho.

 

NOTA DA SEDUC

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) informa que não contratou o Instituto Áquila.

A SEDUC afirma que o secretário de Educação, professor Lourenço Braga, e o secretário Executivo, advogado Luis Fabian, não autorizaram nenhuma contratação.
O secretário não autorizou nenhuma dispensa de licitação. O governo Amazonino Mendes trabalha para regularizar, também na educação, mais de 600 processos de pagamento de um passivo que recebeu em outubro deste ano.

Mas não se afastará, por nenhuma hipótese e como necessário, do estrito cumprimento da lei.

 

Manaus ambiental uma lastima

A famosa Manaus Ambiental, aquela que é conhecida por cobrar serviços de esgotos, mas não fazer o serviço, deixa hoje a partir das 21 hs mais de 80 bairro de Manaus sem o precioso liquido.

De olho no réveillion prefeitura reforça transporte

Com um grande evento na Ponta Negra, zona Oeste, com a queima de fogos no Rio Negro, uma programação de 124 ônibus, de acordo com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) atenderá a área, com o reforço de mais 15 veículos, com base no fluxo de pessoas para o evento verificado nas últimas edições.

Seis empresas – Via Verde, Vegas, São Pedro, Integração, Expresso Coroado e Global-, estarão operando 10 linhas na área da Ponta Negra até o término do evento, previsto para iniciar às 17h do dia 31/12 e finalizar às 4h do dia 1/1 de 2018, com todo o apoio de 33 fiscais do órgão.

Além das linhas que já atendem o local, três extras serão disponibilizadas ao público: 121 (saída da Vila Marinho); 500 (saída do Novo Israel); e a 560 (saída da Cidade de Deus).

Coluna Ari Mota

Facebook