8945665

 

O resultado das eleições no Amazonas, levando Amazonino Mendes e Eduardo Braga ao segundo turno, não surpreendeu ninguém, a surpresa foi mesmo o numero de abstenções (eleitores que não foram votar), votos brancos e nulos, que beiraram a casa de 40%. Em uma clara resposta, que a população não queria essa eleição suplementar.

 

Disputa vai ser acirrada

Para o segundo turno, a disputa vai ser acirrada. Com tanta gente se abstendo, os dois candidatos vão ter que andar muito e gastar muita saliva, com esse eleitor. Primeiro para convencer ele ir à urna e claro votar no candidato.

Eduardo Braga disse que vai buscar o apoio de todos, inclusive do governador David Almeida (PSD), que estava apoiando a candidata Rebecca Garcia, terceira colocada no pleito. "Vamos tentar conversar com todos. Sem exceção, incluindo David Almeida, que teve uma participação muito importante no pleito".

Já Amazonino Mendes elogiou o desempenho de Rebeca Garcia terceira colocada no pleito e disse que vai disputar o segundo turno das eleições suplementares para o Governo do Estado com Eduardo Braga (PMDB), com amor “o amor sempre vence a arrogância”.

 

Eleições no Amazonas quem ganhou e quem perdeu

Quem sai muito fortalecido nessa eleição é o deputado José Ricardo do PT, apesar de pertencer a um partido conhecido pela corrupção e pelos desmandos no Brasil. José Ricardo, quem não é aquele do Flamengo, tirou a estrela da campanha e conseguiu pelo menos em Manaus, conquistar o voto daqueles que não querem mais os caciques da nossa politica.

 

Outra vencedora da eleição

Mesmo tendo sua candidatura indeferida a jornalista Liliane Araújo surpreendeu com uma votação que beirou a casa dos 5%. Que lhe credencia como forte candidata a deputada estadual ano que vem.

 

Cacique ou Pajé

Já a empresária Rebeca Garcia, que chegou em pesquisas ameaçar ir para o segundo turno, não teve folego para tanto. Mesmo com o apoio do Governador Interino David Almeida, que tentou ser  “Cacique”, mas ficou na ala dos pajés, não conseguiu sucesso, porém, sai também fortalecida e deve buscar outros voos nas próximas eleições.

 

Resultado final

Na totalidade das urnas, Amazonino fechou o primeiro turno com 39,07% (460.166 votos). Já Braga obteve 22,85 % (269.088 votos).

Coluna Ari Mota

Facebook

Parceiros