search

Banner Galeria

Transporte público caótico de Manaus pode parar

0001

 

O sistema de transporte coletivo de Manaus, que já é ruim pode ficar ainda pior, é que o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus convocou a categoria para uma assembleia extraordinária hoje e pode parar os coletivos com uma greve geral.

Os rodoviários exigem o cumprimento do dissídio coletivo da categoria, julgado no último dia 30, em sessão extraordinária do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região. Ao final do julgamento, ficou decidido que os rodoviários teriam reajuste de 8% nos seus salários.

Se por um lado os trabalhadores querem o cumprimento do dissidio, por outro os empresários querem o reajuste do preço da passagem. A tarifa de ônibus continua a ser cobrada em R$ 3. O aumento proposto pelo Sinetram foi negado em decisão do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). De acordo com a decisão do desembargador João Mauro Bessa, como ainda não há uma decisão final sobre este caso em instâncias superiores, o aumento imediato para R$ 3,54 poderia causar grave dano à população. Isso porque, caso a Justiça decidisse reduzir novamente a tarifa, aqueles que pagaram mais caro não teriam como ser reparados.

O presidente do sindicato dos rodoviários, Givanci Oliveira, deixou claro que a posição da diretoria sindical é não ceder em relação ao que foi estipulado pelo TRT. Caso seja aprovada, a paralisação deve obedecer algumas regras. Pelo menos 30% da frota deve continuar circulando. Nos horários de pico, o percentual precisa ser de pelo menos 70%.

Movimento de final de ano atrae bandidos. População deve ficar atenta

 

 00011

Com a proximidade dos festejos de final de ano, cresce o movimento no comercio de Manaus, e apesar das agências bancárias ainda estarem em greve, a movimentação de clientes entrando e saindo dos bancos continua grande e chama a atenção dos assaltantes.

Para tentar coibir a prática conhecida popularmente como ‘saidinha de banco’ e outras ocorrências, a Secretaria Executiva-Adjunta de Operações deu início a operação ‘Saque-Seguro’. A mesma situação se repete nas casas lotéricas da capital

Esta semana, a operação ‘Saque-Seguro’ ganha reforço de policiais civis dos Departamentos de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), do Grupo Fera da Polícia Civil, além do apoio dos Distritos Integrados de Polícia (DIP’s)de todas as áreas da capital.

De acordo com o secretário executivo adjunto de operações da SSP, Orlando Amaral, a operação vai percorrer todas as zonas da cidade, fazendo monitoramento e abordagens.

Porém, apesar do trabalho dos órgãos de segurança, as pessoas devem ficar atentas, para evitar as investidas dos bandidos, que, muitas vezes estão de olho, observando a movimentação de todos.

Por esse motivo o Portal www.amazoniaon.com.br, faz um alerta a população. Evite retiradas de grandes volumes de dinheiro, mas se isso não for possível, vá a agencia sempre acompanhado e nunca estacione o carro distante da agencia, se poder vá com motorista e por telefone acione, quando estiver saindo da agencia, para apanhar você na porta.

Mude sempre a rotina e verifique se não esta sendo seguindo.

Maioridade penal já

 

00010

 

Na ultima quinta – feira a bebe Gabrielly Hadassa da Silva, de apenas 1 ano e seis meses de idade, foi atropelada e morreu na Rua Rio Negro Educandos, zona sul, dentro do carrinho de bebê. Um adolescente de 17 anos, que pegou o carro da irmã, para ir a uma lanchonete, estava ao volante. A criança, Márcia Ferreira da Silva, 33, e o tio da menina, um adolescente de 15 anos, também ficaram feridos. Segundo a avó, a filha chegou a se jogar na frente do carro (um Celta preto de placa NPA – 7469) para evitar que o irmão e a menina fossem atingidos, mas também acabou sendo atropelada. 

Adolescente vai responder em liberdade

Depois de atropelas as vítimas, o adolescente ainda tentou fugir. Levado a DEAAI. Em depoimento, o jovem confirmou que o carro é da irmã e que estava para indo a uma lanchonete, porém quando estava estacionando, confundiu o pedal do acelerador com o freio. Ele negou ter tentado fugir do local.  O jovem foi apreendido e autuado pelos atos infracionais de homicídio culposo, lesão corporal e condução de veículo automotor sem habitação.  Porém saiu livre da delegacia. Menor de idade não pode ser preso

Os defensores e ativistas de tudo precisam ver a realidade

Sempre acreditei que não são as leis que mudam a sociedade, mas a sociedade que modifica as leis. A maioria da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal. Nove em cada dez brasileiros são favoráveis a leis mais duras para punir adolescentes que cometem crimes.

Direito para quem é direito

Sou defensor intransigente dos direitos humanos, direito de todos, mas na minha humilde opinião, a nossa constituição promulgada em 1988, é redundante, com excesso de definições que atrapalham a aplicação de seus princípios. Um desses excessos é a maioridade penal, que até 1988 não ocupou nenhuma das Constituições brasileiras, sendo sempre matéria penal e de Código de Menores. Afirmar que a cadeia não resolve para os adolescentes é negar a capacidade ressocializante do sistema penitenciário, é admitir a completa falência do sistema penitenciário brasileiro.

 

 

 

: