search

Banner Galeria

Alunos da Rede Municipal participam do seminário final de avaliação do PCE

DSCN3955

 

 

Parceira do Programa Ciência na Escola (PCE), desde o início, a Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai participar do Seminário Final de Avaliação de 2013 do programa nesta quinta (28) e sexta-feira (29).

A rede municipal conta com mais de 40 temas aprovados por 21 escolas municipais, totalizando 280 pessoas envolvidas, incluindo as zonas ribeirinha e rural. O recorde de aprovações é da escola municipal Ulisses Guimarães que conquistou seis projetos.

Para a coordenadora do PCE, Maria de Fátima Nowak, o evento busca consolidar o conhecimento adquirido no âmbito do programa para contribuir e promover a socialização do saber científico na comunidade escolar. "Essa parceria Semed/Fapeam possibilita que o aluno que está na educação básica exercite a pesquisa científica em todos os seus passos", observou.

O encerramento das atividades do PCE acontece na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizada na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, Parque 10, zona Centro-Sul da capital. 

As apresentações serão feitas no turno da manhã (8h) e da tarde (14h), pelos jovens cientistas do programa que defenderão suas pesquisas para avaliadores convidados.

Participarão mais de 180 projetos aprovados no edital 2012/13 da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. (Fapeam). Além da participação dos projetos de Manaus, os jovens cientistas do município Rio Preto da Eva, distante 60 km da capital, apresentarão três projetos. 

As apresentações terão 20 (vinte) minutos, com a utilização de recursos visuais, conforme estabelecido o edital  N. 013/2012, com 10 (dez) minutos para considerações e perguntas.

O Programa Ciência na Escola (PCE), criado em 2004 pela FAPEAM, é uma ação de alfabetização científica e tecnológica, destinada aos professores e estudantes dos ensinos Fundamental, Médio que desenvolvem projetos de pesquisa em escolas públicas municipais e estaduais do Amazonas por meio da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

 

 

Arthur esta sendo incentivado a disputar o Governo

aniversario de manaus

 

O canto da Sereia nos ouvidos de Arthur

É notório o crescimento da popularidade do Prefeito Arthur Neto, nem mesmo completou um ano e o  volume de obras apresentado pela Prefeitura de Manaus, principalmente o asfaltamento das principais ruas e a urbanização de bairros, tem colocado o prefeito em uma posição de conforto quando se fala em popularidade em função disso, começam a falar na possibilidade de que ele venha a disputar o Governo do Estado, numa dobradinha com o governador Omar Aziz, que concorreria ao Senado.

Hissa prefeito

Se o prefeito se deixar levar pelo canto da Sereia, Hissão Abraão será prefeito de Manaus sem ter obtido nenhum voto. Herdará dois anos de administração e sem vice, o que lhe dará autonomia total, para negociar a reeleição e mudar os quadros da politica local que há anos pertence ao um grupo apenas.

Arthur não confirma, mas dá sinais do encantamento

 

Arthur tem evitado falar no assunto, mas o instinto político do prefeito promoveu mudanças radicais na administração Seus dois últimos antecessores, Serafim Correia trabalhava mais no gabinete e Amazonino Mendes doente, se recolheu à própria residência Arthur esta nas ruas becos e viela, leva menos de uma hora para chegar ao ponto onde uma adutora rompe, um temporal causa estrago ou mesmo um prédio privado, de uso público, tem problemas – como ocorreu na interdição do Manauara Shopping.

Outro golaço de Arthur

As inaugurações do mercado Adolpho Lisboa, cuja restauração emperrou nas gestões de Serafim e Amazonino, e de parte da Ponta Negra, marcadas para o Aniversário de Manaus, dia 24 de outubro, devem inflar ainda mais o balão de ensaio da candidatura do prefeito. Arthur é sábio e não vai deixar se levar por encantamento, só sairá se estiver convicto de que pode ser uma opção, para a população. Como ele sempre diz na altura do campeonato (idade), não tem mais projetos pessoais, mas coletivos.

Por outro lado na CMM

Se por um lado o gestor usa de democracia, vai à rua, ouve a população, na Câmara Municipal o presidente Bosco Saraiva tenta se manter no poder a todo o custo. Ele pretende aprovar um projeto que lhe dar o direito de concorrer a reeleição, contra a vontade da maioria da maioria dos colegas.

 

Energia não é para todos

Apesar da larga promoção na mídia o projeto Luz Para Todos, não conseguia alcançar no Amazonas grandes rincões da região. O pior é que a falta de investimento vem trazendo agora consequências para a Capital. Com o calor da cidade é obvio que o consumo aumenta, são mais ventiladores, ar - condicionados e geladeiras sendo mais utilizados, porém falta investimentos.

 

A Barbie agora anda de Fiat Cinquecento

Barbie

 

A Fiat e a Mattel fizeram uma parceria para motorizar a Barbie com um Cinquecento. O lançamento, especial para o Dia das Crianças 2013, traz o conversível devidamente adaptado à cor rosa pink preferida da boneca.

O modelo 500C vem acompanhado por uma motorista com camiseta exclusiva, além de calça, cinto, sandália e óculos nas mesmas cores do carro. Não ficaram de fora o teto aberto e os detalhes internos (bancos, painel e cinto de segurança), numa reprodução bem próxima do modelo original. O brinquedo tem preço sugerido de R$ 299,99.

O Cinquecento cumpre os requisitos para ser "o carro dos sonhos" da boneca mais famosa do mundo, defende Rosália Andrade, coordenadora de projetos especiais de brand da Fiat. "Ele é moderno, cool e ao mesmo tempo muito elegante, tem um 'fit' perfeito com a Barbie".

Segundo Rosália, o público infantil feminino não está fora do radar da marca, que busca um bom relacionamento com os consumidores através de sua família. "É fato que as mulheres são uma fatia muito importante no consumo de carros, mas nosso objetivo não é trabalhar desde já futuros consumidores, e sim gerar uma relação alegre e divertida com toda família", afirmou.

 

Manaus pode ficar sem peixe. Fepesca é obrigada a retirar estrutura do Terminal

 Manaus pode ficar sem peixe. Fepesca é obrigada a retirar estrutura do Terminal

 

Uma nota extrajudicial assinada por na última quarta-feira pelo superintendente da Pesca no Amazonas, Raimundo Nonato, determinou a retiradas das 75 caixas em alumínio naval, de propriedade da Federação dos Pescadores (FEPESCA)  das dependências da balsa do Terminal Pesqueiro de Manaus.  A atitude impensada do superintendente, gerou revolta entre os pescadores que não terão como desembarcar o pescado na madrugada de sexta-feira no terminal.

Revoltado com a atitude do superintendente, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, também anunciou que irá retirar a estrutura da prefeitura, através da Sempab, do local. A prefeitura paga a energia, recolhe as sobras de peixe e fiscalizava o local.

Numa reunião na última quarta-feira com Walzenir Falcão, presidente da Fepesca, Arthur anunciou outras medidas para resolver de vez o problema. Até a total desativação do Terminal Pesqueiro de Manaus, uma vez que rachaduras e afundamento da estrutura do prédio, que comprometem a segurança dos trabalhadores  e  são visíveis, podem causas a interdição do prédio por tempo indeterminado.

A decisão tomada pelo superintendente da pesca no Amazonas, empossa do pelo ministro Marcelo Crivella, no mês de setembro, pode causar o desabastecimento de peixe à população. Segundo dados da Fepesca, 70% da população de Manaus consome peixe todos os dias.

Já circulava nos bastidores da sede do governo que Raimundo Nonato cairia do cargo a qualquer  momento. Ontem ele não foi localizado e um interlocutor disse que Nonato estava viajando a Brasília

A Sol Assessorias

  • Assessoria de Comunicação
  • Eventos Empresariais
  • Palestras e Treinamentos para Empresas
  • Seminários (ao público em geral)
  • Parceria de Instituições com a Revista Amazônia e Negócios
  • Comunicação Visual
  • Serviços de seleção de pessoal para trabalhar em eventos Ex:.Recepcionistas entre outros.

Mais artigos...

  1. Quem Somos
: