search

Banner Galeria

Sinetram discute soluções para a qualidade do transporte coletivo de Manaus

7810

 

O atendimento dos usuários foi discutido na tarde desta terça-feira, 5, durante o 3o Seminário Sinetram. Durante o evento realizado no Centro de Convenções do Studio 5, zona Sul, foram apresentadas soluções para a melhoria do sistema de transporte e a segurança jurídica dos contratos de prestação do serviço.

Para o presidente do Sinetram, Carmine Furletti, o evento apresentou para sociedade quais os pontos precisam melhorar, para que o ônibus possa atender as demandas dos usuários. Ele destacou um dos pontos da pesquisa nacional da Associação Nacional dos Transportes Urbanos (NTU), realizada este ano, que mostrou que 67,8% da defasagem de usuários do sistema é por conta da insegurança nos ônibus.

“Temos muitos pontos que precisamos melhorar, mais o principal deles é a segurança dentro dos ônibus. Já implantamos tecnologias para diminuir esses crimes, mas só vamos conseguir dar um basta nisso, a partir do momento que retirarmos o pagamento em dinheiro dentro dos coletivos. Outro ponto abordado foi a velocidade operacional ônibus. Hoje 100% dos ônibus saem no horário programado, porém precisamos de mais vias exclusivas para que possamos cumprir os itinerários dentro do horário”, destaca Furletti.

O evento contou com a participação do presidente da OAB Amazonas, Marco Aurélio Choy, o presidente da Arsam, coronel Walter Cruz, o superintendente da SMTU, coronel Franclides Ribeiro e professor Rubelmar Azevedo, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). 

BRT e segurança jurídica 

O engenheiro e coordenador de projetos de mobilidade urbana da Volvo Brasil, Ayrton Amaral, defende que o BRT é solução mais inteligente para a melhoria do sistema de transporte como o de Manaus, pois o custo benefício é bem menos do que qualquer outro sistema de massa. “O importante do sistema de transporte é a malha viária e com o BRT você consegue aumentar a malha viária com menos investimento, além de melhorar a velocidade operacional. Isso significa ganho de qualidade de vida, ganho de produtividade que é o que as pessoas querem e merecem.” 

A advogada e especialista em direito administrativo, Mônica Mello, explica que a segurança jurídica dos contratos é um grande desafio do país. “Cumprir com a transparência é importante para que a população saiba como o sistema de transporte funciona e para que as empresas possam contribuir com a melhoria da qualidade da prestação do serviço. A segurança jurídica é um grande desafio no que diz respeito ao cumprimento dos contratos administrativos em geral. Isso tem que ser discutido para que se possa buscar algumas reflexões que possibilitem e um serviço que atenda as demandas.”

: